A Tinta Silenciosa, 2021
Acrílico sobre papel
180x120cm
Série de 6

03
Roem-me a cabeça,
eu risco, até riscar
nada.
como um vazio riscado
a profundidade de um monte de emoções
delicadas
mas duras e sofridas. como o vento de uma turbulência
que passa
e se sente.
(…)
12
A vida
que de tão confusa,
bonita fica.
vai
por assim o ser
florindo.
de todas as formas,
das mais
genuínas manchas,
que sem querer
pretas são.
Mas que todas elas
tiveram nelas
toda essa conexão
paixão, da minha primeira impressão
nesse papel sem emoção.
A primeira pincelada
de puro sentimento
entre o meu eu
e o mundo,
fazendo dele arte
de mim vida,
e de todos
em nós,sermos harmonia.
– Eu sobre a tinta

Um versão de A Tinta Silenciosa, de Luísa Pereira da Fonseca, está presente na edição serigráfica deste Cubículo.